2009-08-30

Mais uma borla (ou quase) no Casino do Estoril no próximo sábado


Ensaio Geral com Público

Receitas revertem a favor da ILGA

À semelhança de iniciativas anteriores, a UAU e o Casino Estoril convidam-no a assistir ao ensaio geral de RAPAZES NUS A CANTAR, no sábado 5 de Setembro pelo preço de 5€ cada bilhete. A receita deste ensaio geral reverte a favor da ILGA e os bilhetes podem ser adquiridos nos locais habituais.
ILGA - Fundada em 1995, a Associação ILGA Portugal é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sob a forma de Associação de Solidariedade Social, e é a maior e mais antiga associação de defesa dos direitos das Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgénero (LGBT), em Portugal. (www.ilga-portugal.pt)

Criado por Robert Schrock, Rapazes Nus a Cantar é uma comédia musical ao melhor estilo Vaudeville, que celebra o esplendor da nudez masculina. Com dez anos de existência, tem surpreendido o público por todo o mundo, provando que o talento não se mede pelo guarda-roupa do artista.

Direcção, Tradução e Adaptação Henrique Feist
Direcção Musical Nuno Feist
Coreografia Paula Careto
Cenografia Carlos Mendonça
Desenho de Luz Paulo Sabino
Direcção Vocal Sara Belo
Interpretação Alexandre Ferreira, Hugo Goepp, Hugo Martins, João Carvalho, Nuno Martins, Pedro Pernas, Pessoa Júnior, Ricardo Spínola


Já sabem... eu vou lá estar...só se não arranjar bilhete...depois conto como foi!!!

2 bocas:

feliciano disse...

Mais uma acha para a fogueira do homossexualismo. bem bom diz o ILGA

Ni disse...

Foi uma verdadeira cena digna da série "O Sexo e a Cidade" onde Carrie (neste caso eu) leva as suas amigas para uma noite divertida entre mulheres...(não eram 3 na serie mas sim 12!!!) Chegamos e descobrimos que éramos uma minoria...tanto homem na sala... Aquilo é muito à volta da relação homem/homem. Não existe uma única alusão a relação homem/mulher...por isso acho que vendem gato por lebre quando vêem para as revistas dizer que não é de todo uma peça sobre homossexualidade...não??? Eu acho que sim e não tenho qualquer duvida! Valeu a pena na mesma mas senti-me um pouco "enganada".Não deixa de ter muito humor à mistura...Foi giro foi logo no erguer do pano ouvir como em uni-som na plateia..."eles estão mesmo nus" sim isso eles estão completamente despedidos e quem vai ver a peça também se deve despir à entrada..não da roupa mas de qualquer preconceito!!!